O que fazer em Bolonha e Modena: roteiro de apenas 1 dia

Procurando o que fazer em Bolonha e Modena num roteiro de apenas 1 dia? Para quem tem pouco tempo e quer ter uma idéia geral dessas duas cidades, um dia é mais do que suficiente.

Bolonha é uma cidade fácil de visitar: você vai precisar de apenas um mapa e muita disposição para caminhar.

Modena tem um centro histórico pequeno e não tão famoso quanto o de Bolonha, mas a maioria dos turistas não está preocupado com isso. O objetivo em conhecer Modena é ir até Maranello para visitar o museu da Ferrari. Para quem não é louco por automóveis, a sugestão é trocar o museu da Ferrari por uma visita a uma “acetaia”, ou seja, um produtor de vinagre balsâmico.

 

O que fazer em Bolonha a pé ou de bicicleta: dicas para um itinerário muito legal

Bolonha é sinônimo de boa comida e vinho e pode ser considerada a capital da gastronomia italiana.  Mortadela, ragù (conhecido como molho à bolonhesa no Brasil), tortellini, lasanha, tagliatelle são alguns do pratos típicos da culinária bolonhesa conhecidos em todo o mundo. Os vinhos DOC do Colli Bolognesi também são muito apreciados, entre eles o típico Pignoletto.

Em Bolonha é difícil comer mal. Você encontrará nos menus de quase todos os restaurantes da cidade, lasanha e tagliatelle al ragu e a massa é, quase sempre, fresca e feita na hora.

o que fazer em Bolonha, comer um tagliatelle al ragu

Se você acha que não existe muito o que fazer em Bolonha, está tremendamente enganado. Bolonha não é só gastronomia, não! Bolonha é também arte e cultura. É em Bolonha que se encontra a universidade mais antiga da Europa: a Universidade de Bolonha. Dentro da universidade você pode encontrar os museus mais antigos de anatomia e de cera. Os prédios são históricos e ricos de afrescos, móveis e pinturas medievais.

Possui um vasto centro histórico medieval entre os mais bem preservados da Europa, repleta de bares, tavernas, teatros e lojas. É famosa por seus prédios com pórticos, onde é possível passear no centro sem se molhar em dias de chuva.

o que fazer em Bolonha: aluguel de uma bicicletaOs principais pontos turísticos da cidade de Bolonha se encontram no centro histórico podendo ser visitada em grande parte a pé. Se preferir, alugue uma bicicleta (bike sharing).

Em Bolonha é ativa o App Mobike. Existe a possibilidade de alugar até bicicletas elétricas, para um passeio sem fadiga.

Se você entende bem o italiano, aproveite para fazer uma visita com guia gratuitamente. O projeto faz parte da Associação Succede solo a Bologna. Os guias não cobram, mas aceitam ofertas finais, caso você tenha ficado satisfeito com as explicações.

Por onde começar o passeio?

Depende de onde você chega na cidade!

  • do Aeroporto Gugliemo Marconi: você vai precisar pegar o ônibus (shuttle) que vai até a estação de trem. Se chama Aerobus e parte a cada 11 minutos da porta de chegadas (arrivi). Custa 6 euros e o bilhete posso ser comprado diretamente no site ou nas máquinas automáticas perto da parada do ônibus. O serviço é ativo das 5:30h às 23:30h mais ou menos e em 20 minutos você chega até a estação.

 

  • da estação de trem: retire seu mapa no balcão de informações (Ufficio Informazioni – 3° andar) e comece a sua caminhada. Da estação até o centro você vai levar 20 min. Se preferir use um ônibus, mas vai perder de conhecer a alma dos bolonheses.

Agora que você já está na estação de trem, configure o seu Google Maps (são 1,5km de caminhada, mas vale a pena!)!

 

Descubra o que fazer em Bolonha usando as sugestões de itinerário de Google Maps

 

O Google Maps sugere 3 percursos alternativos para chegar até o centro histórico. Escolha o percurso de 1,5km e 20 minutos de caminhada e descubra o que fazer em Bolonha num passeio típico dos bolonheses.

Saindo da estação de trem pela porta principal, você deverá dirigir-se para a esquerda e atravessar a rua, onde em, mais ou menos, 100 metros de caminhada vai chegar no:

Parco della Montagnola / Via Indipendenza

Há poucos passos da estação de trem, surge o Parco della Montagnola, famoso por sua feirinha vintage que acontece todas às sexta-feiras e sábado. Ideal para descobrir artigos de marca com preços super competitivos. É um lugar muito característico onde os bolonheses se divertem em negociar até conseguirem os melhores preços.

A rua Indipendenza vai lhe levar diretamente ao centro histórico (Piazza Maggiore). Você vai caminhar a maior parte do tempo sob os pórticos que fazem Bolonha ser única e inconfundível.  É uma rua repleta de lojas e de bares turísticos.

Caminhe sem pressa explorando todos os ângulos de Bolonha. Pare para tomar um café e aproveite para conhecer um pouco da vida diária dos bolonheses. Você vai ver que existe muito o que fazer em Bolonha mesmo não sendo um destino tão explorado pelo turismo de massa.

Você vai passar ainda pelo teatro Arena del Sole, com suas estátuas no topo do telhado. Atravesse a rua para observar melhor toda a grandeza dos monumentos.

Um pouco depois você vai ver a Catedral de San Pietro, cuja particularidade é a grandeza de sua fachada.  Entretanto, a proximidade com o outro lado da rua não permitirá que você admire sua arquitetura de modo completo, mas sua beleza é perceptível, mesmo de dentro!

E você vai chegar no final da Via Indipendenza, diretamente na Piazza Nettuno, adjacente à Piazza Maggiore. Em outras palavras, o coração da cidade.

o que fazer em Bolonha mapa do centro histórico

 

Piazza Nettuno

Sem dúvida nenhuma a fonte com a figura de Nettuno é a parte dominante da praça.

Conta a lenda que a o escultor que a criou, Giambologna, foi forçado pela Igreja a reduzir um pouco as “partes íntimas” da estátua, e assim, talvez por despeito, colocou a mão de Netuno em tal posição que, de certa perspectiva, o dedo não parece um dedo mas o órgao sexual de Nettuno. É um dos pontos mais fotografados pelos turistas de Bolonha.

o que fazer em Bolonha, estátua Nettuno

 

Piazza Maggiore

Há poucos passos de Nettuno, surge a dita Praça Maior. Eternizada nas canções de seu famoso cantor Lucio Dalla com a música Piazza Grande. Uma praça que exibe sinais evidentes da Segunda Guerra Mundial em seus prédios históricos.

Apesar de ser bastante dispersiva, a Piazza Maggiore se apresenta com características do final-gótico que podem ser observadas na Basílica de San Petronio, com sua fachada inacabada.

Visite-a e descubra as suas curiosidades: o interior da Basílica abriga o relógio solar mais antigo do mundo num lugar fechado, e também o mais antigo órgão em funcionamento na Itália.

Sente-se um pouco nos degraus da igreja e dirija o olhar para a sua frente, onde surge o Palazzo del Podestà, construído em 1200, é a base da torre de Arengo, cujo sino era tocado para os bolonheses em ocasiões especiais ou importantes. Esta é a Bolonha de cartões postais bem à sua frente! À sua esquerda, você vai ver, a estátua de San Petronio, padroeiro da cidade e também praça.

O segredo do Palazzo del Podestà

o que fazer em Bolonha, Palazzo del PodestaDirija-se sob a abóbada do Palazzo del Podestà – uma interseção real de duas ruas em forma de túnel, a poucos passos do lado esquerdo do Netuno. Uma vez debaixo da intersecção, você notará, sem dúvida, alguém virado para a parede que começa a falar e a rir. As pessoas fazem isso para sentirem o efeito acústico pelo qual dois interlocutores em cantos opostos podem falar em voz baixa e se escutarem perfeitamente. Não se preocupe em parecer estranho: naquele canto todos nós nos tornamos crianças por um dia.

 

Mercato Antico (Mercado Antigo)

O centro de Bolonha é repleto de restaurantes e bares legais. Se bater a fome, aproveite para comer um pão com mortadela ou até mesmo almoçar.

Depois de descansar por um momento, vire a esquina. Na Via Drapperie, Via Pescherie Vecchie e nas vielas vizinhas é realizado todos os dias o colorido mercado chamado “del Quadrilatero”, uma tradição bolonhesa com fortes aromas e cores brilhantes. E com um sotaque muito forte! Você vai ver que sugestões para o que fazer em Bolonha nesse mercado não faltam.

O que fazer em Bolonha, mercado antigo

É um mercado antigo que aproveita das ruas estreitas características do centro da cidade, com os edifícios antigos em tons pastel que lhe servem de moldura. Frutas frescas, comida típica, produtos artesanais: para levar para casa ou comer lá? A caminhada nesse mercado é um dever, e se você é daqueles com o Instagram sempre em suas mãos … faça uma foto sem se preocupar com filtros!

 

Torre degli Asinelli e Garisenda

 

Depois do passeio pelas ruas do mercado, se dirija para a Via Rizzoli. É uma rua muito movimentada, com lojas e locais de interesse. No final da rua, no cruzamento com a Via Zamboni, você vai encontrar a a famosa Torre degli Asinelli (Torre dos Asnos) e a do Garisenda – a última particularmente inclinada e com uma altura de mais de 3 metros.

o que fazer em Bolonha vista das torres

A tradição bolonhesa “proíbe” os estudantes de subirem a Torre degli Asinelli antes de se formarem: fazê-lo antes dessa conquista acadêmica traz má sorte para a carreira. Se você não é um estudante, vá e descubra a incrível vista da cidade a partir do topo da torre. Caso contrário, se quiser se unir à cultura da cidade e respeitar seus costumes: fique embaixo, em primeiro lugar terminar o curso!

Piazza Santo Stefano

Depois de descer da torre, se dirija em direção da Piazza della Mercanzia. Em seguida, continue em direção a Piazza Santo Stefano, onde você pode andar na calçada em paralelepípedos muito elegantes, característica deste angulo bolonhese. A atmosfera da praça é sempre calma,  à tarde animada por alguns guitarristas/artistas de rua.

o que fazer em Bolonha, praça Santo Stefano

 

Agora, observando a igreja, você terá à sua direita os típicos palácios mercantes, das janelas realmente únicas que os tornam reconhecíveis.

 

A pequena Veneza de Bolonha

Já imaginou ir a Bolonha e pensar de estar em Veneza? Você já ouviu essa história?  Poucos conhecem esse segredo, mas é uma ótima dica para o que fazer em Bolonha. Caminhe até a Via Piella passando por todas as ruas secundárias, como a Via Oberdan e a Via Marsala, e depois de passar pela Porta Govese, olhe atentamente por baixo do pórtico.

o que fazer em Bolonha, pequena Veneza de Bolonha

 

Uma pequena janela, um buraco quadrado na parede fará com que você se depare com um mundo paralelo, uma pequena Veneza.  Um rio passa sob os edifícios vizinhos das proximidades. Maravilhosa, uma pérola dos bolonheses, um canto guardado com inveja e lembrado com nostalgia por aqueles que vão a Bolonha apenas de passagem. Eles chamam de pequena Veneza de Bolonha.

 

Depois de ter descoberto tudo o que fazer em Bolonha, pegue um ônibus e se dirija para a estação de trem para continuar a sua aventura até Modena.

 

Descubra o que fazer em Modena em poucas horas

Modena dista somente 50km de Bolonha e merece ser visitada, principalmente, pelos turistas que amam a marca Ferrari. É na cidadezinha de Maranello que se encontra a fábrica da Ferrari e seu Museu.

É longo da estrada Emília que liga todas as províncias da Emília-Romanha que se encontra a Motor Valley. Os mecânicos mais competentes do setor automobilístico desenvolvem o que existe de mais luxuoso e potente em termos de automóveis e motos no mundo. É nessa zona que se encontram as fábricas e showroom da Lamborghini, Maserati, Pagani, Ducati e Ferrari.

Para quem não tem interesse em visitar museu automobilístico a sugestão é visitar um produtor de vinagre balsâmico.

Visitar Maranello: o Museu da Ferrari 

No Museu da Ferrari, é possível experimentar os simuladores de Fórmula 1 semiprofissionais e provar sensações de direção geralmente reservadas aos pilotos. Após um breve encontro com um técnico, você entra no cockpit e inicia a experiência virtual.

o que fazer em Bolonha e Modena, visita ao museu da Ferrari

Aqueles que vem de Bolonha de trem podem chegar até Maranello via Modena  ou usando o serviço de trem suburbano, que chega à estação ferroviária de Vignola (15 km de Maranello) partindo da estação de trem Bologna Centrale. A linha para em todas as estações e dura cerca de 1 hora.
»Bolonha – Vignola
Uma vez em Vignola, na estação/parada de ônibus (na via Montanara), é possível ter a conexão para Maranello, linha extra-urbana 640 – direção Sassuolo. O passeio dura cerca de 20 minutos.

Visitar um produtor de vinagre Balsâmico de Modena

Modena é famosa no mundo inteiro pelo vinagre balsâmico. Alguns roteiros turísticos, incluem visitas às fábricas de produção de vinagre. Uma experiência fascinante e multisensorial, que oferece como bônus o descobrimento das antigas tradições das famílias dos produtores.

o que fazer em Bolonha e Modena, visita a um produtor de vinagre balsâmico

Existem uma infinidade de produtores de vinagre (as chamadas”acetaie”) que recebem visitantes. Normalmente, as visitas são com guia e devem ser reservadas com antecedência. A Acetaia Malpighi, por exemplo, oferece visitas gratuitas à sua fábrica. A Acetaia Malpighi Taste & Tour situa-se a 300 metros da saída sul da autoestrada de Modena. É um local  com 1.000 metros quadrados, onde os turistas  podem visitar todos os locais da acetaia e aprender sobre as suas técnicas de produção antigas.

 

A opções de o que fazer em Bolonha e Modena são inúmeras, mas você pode conhecer mais sobre a região lendo o artigo Melhores destinos Europa 2018: descubra porque a Emília-Romanha aparece em primeiro lugar no guia Lonely Planet.

 

 

Escreva seu comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.