10 coisas para não se fazer na Itália que são consideradas má educação

Os italianos são considerados um povo bastante caloroso e apaixonado, mas lendo atentamente as 10 coisas para não se fazer na Itália você poderá mudar de opinião a respeito da personalidade dos italianos.

Dicas de 10 coisas para não se fazer na Itália

Nem sempre o que é considerado boas maneiras em um país é igual a um outro. Na Itália, muitas coisas que são consideradas normais no Brasil, incomodam ou desagradam os italianos. Descubra quais são elas:

1. Usar a faca no primeiro prato

A faca, dificilmente, é usada no primeiro prato (primo piatto), nem mesmo para recolher o restante que ficou no prato. Evite de usar a faca quando você se deparar com um prato de massa. Use o próprio garfo para cortar a massa se você tiver problemas para colocá-la inteira na boca.

2. Dar 2 ou 3 beijinhos para cumprimentar alguém que você está conhecendo

não se fazer na Itália beijar ao cumprimentarNa Itália quando você é apresentado para alguém estenda a mão.

Não beije a pessoa no rosto, pois você causará constrangimento para ela. É um costume muito usado no Brasil mas de não se fazer na Itália no primeiro contato.

Você pode dar beijinhos somente se for um parente próximo ou um amigo. Os homens na Itália se beijam no rosto quando se encontram como sinal de amizade.

3. Escolher lugar para sentar nos restaurantes

Quando você chegar em um restaurante na Itália e o garçon lhe mostrar o lugar que você deve sentar, não troque de lugar mesmo que o restaurante esteja vazio. Você pode ser surpreendido pelo garçon que lhe chama a atenção e faz você voltar para o lugar indicado.

4. Dizer “io voglio” quando faz um pedido em um restaurante

Muitos brasileiros, quando chegam na italia arriscam um pouco o italiano ou por serem de origem italiana ou porque tem algum conhecimento do idioma.

Os italianos ficam furiosos se você usa: io voglio un…, ou seja, eu quero um… O verbo para fazer um pedido em um restaurante é sempre o io vorrei (eu queria). Se você disser voglio eles lhe dirão….voglio no….vorrei!

5. Fazer fotos subindo em estátuas ou monumentos históricos italianos

As vezes, vejo fotos de alguns amigos no facebook que vieram conhecer a Itália e fico perplexa pois algumas pessoas esquecem que estão visitando um país com monumentos, artes tão antigos que o ato de subir em um monumento para fazer uma foto pode destruí-lo.

não se fazer na Itália: turistas subindo em estátuas
Foto: Las Ramblas fornecida por TripAdvisor

No ano passado a TV italiana passou uma reportagem sobre os turistas mais mal educados do mundo e os custos para a Itália de restaurar as coisas que os turistas destroem para fazerem fotos espetaculares.

6. Ir na casa de conhecidos ou amigos sem avisar

Não é muito comum receber visitas em casa na Itália. Se você for convidado para ir em uma casa, respeite o horário combinado. Se você tiver intenção de visitar alguém, telefone antes perguntando se a pessoa vai estar em casa e se você pode passar em determinado horário.

É difícil ser convidado para ir na casa de alguém, a menos que você tenha um bom relacionamento de amizade com aquela pessoa.

7. Deixar comida no prato

Se você for convidado para uma refeição na casa de alguém, evite de deixar comida no prato, é falta de educação em qualquer lugar do mundo e algo para não se fazer na Itália em hipótese alguma.  É considerado um verdadeiro pecado e os anfitriões lhe olharão atravessado. Se você não come determinado tipo de comida, avise antes que a dona de casa lhe sirva. Normalmente, o anfitrião da casa (la mamma italiana) é quem serve o seu prato e as porções, principalmente, de massa (pasta) são pesadas com balança.  A quantidade ideal de pasta é 80 gramas para adultos e 50 gramas para crianças se a massa não for recheada.

8. Repetir um prato inicial

Uma refeição completa no dia-a-dia na Itália é composta de primo piatto (primeiro prato – sempre massa), secondo piatto (segundo prato – sempre carne) e um contorno (que é uma acompanhamento de verdura, legume ou salada servido junto com a carne) e fruta. Além disso, você não terá todos os pratos dispostos em cima da mesa para se servir sozinho, mas eles vão sendo servidos na ordem acima à medida que todos terminam de comer.

Nos dias de festas e domingos se serve também o antipasto (entrada) e dolce (sobremesa).

Se você for convidado para uma refeição de domingo na Itália, evite de repetir os pratos iniciais, que muitas vezes são muito saborosos, mas exagerando no início você pode ter dificuldades de terminar a refeição. Muitas mamas italianas no domingo fazem mais de um prato de cada um e assim você pode ter dificuldades de comer dois tipos de massas, dois tipos de carne, fruta, sobremesa e beber o digestivo. Se você come pouco ou está de dieta é sem dúvidas uma regra para não se fazer na Itália.

9. Beber muito

O vinho italiano é maravilhoso, mas evite de exagerar se você for convidado para um almoço ou janta com um italiano. A maioria dos italianos bebe socialmente, ou seja, máximo duas taças de vinhos durante as refeições. Numa refeição completa ou em dias especiais na Itália, se bebe um aperitivo enquanto se espera o início da refeição. Depois vem o vinho; um espumante com o doce ou outro tipo de vinho doce e por último servem os digestivos que são as bebidas de alta graduação alcoólica como os licores (limoncello – licor de limão usado em toda a Itália), a grappa (um tipo de cachaça feita de uva) e as bebidas amargas etc. Se você for mulher você deve estar ainda mais atenta a não beber muito, pois os italianos dizem que as brasileiras bebem muito. Você, com certeza, deve colocar essa regra na sua lista de coisas de não se fazer na Itália.

10. Tocar em tudo aquilo que vê

Sem dúvida nenhuma os brasileiros são acostumados a olhar com a mãos, talvez por sermos um povo que adora o contato físico mas esteja atento pois os italianos odeiam.

Na Itália não é muito comum tocar em objetos expostos em lojas e vitrines, a menos que você tenha a intenção de comprá-lo.  Antes de pegar alguma coisa da prateleira se pede ao vendedor se é possível pegá-lo para olhar. Alguns vendedores na Itália se irritam se vêem que alguém toca em tudo e não tem a intenção de comprar. Você tem grande chances de ser xingado então, de novo, coloque na sua lista de coisas para não se fazer na Itália.

não se fazer na itália: tocar em tudo que se vê

É muito comum na Itália nos pequenos estabelecimentos como mercadinhos, fruteiras, padarias e confeitarias que o cliente peça um determinado produto e seja servido pelo dono do negócio. Se você pede um quilo de tomates o dono do lugar vai preparar para você a quantidade e você tem que confiar que não dará tomates batidos ou estragados no meio. As pessoas não ficam escolhendo ou apalpando muito frutas e verduras na Itália, pois aquilo que chega nos supermercados é sempre um produto já selecionado e com certeza de boa qualidade.

Você poderia se interessar também pelo artigo 8 costumes italianos mais comuns no dia-a-dia

2 thoughts on “10 coisas para não se fazer na Itália que são consideradas má educação

  1. Rochele

    Adorei as dicas! Espero novas dicas em breve….

  2. Tarlise

    Parabéns Ivi, ótimas dicas! Adorei o Blog! Sucesso

Escreva seu comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.