Café expresso na Itália: descubra os vários tipos e aprenda a pedir o seu cafezinho na Itália

O café expresso na Itália é sem dúvida nenhuma a bebida nacional dos italianos. Na Itália as cafeterias são chamadas de bar e pode parecer besteira, mas pedir o cafezinho certo, respeitando os hábitos italianos, pode ajudá-lo muito na vida de todo o dia na Itália.

É no bar que se discute de política e futebol, se encontram amigos e se toma o café da manhã.

como fazer cafezinho com moka na itália
Moka tradicional italiana

Na maioria das casas dos italianos, o cafezinho é feito com a máquina de café. Porém, existem muitas famílias e pessoas mais idosas, que usam ainda a moka para fazer o cafezinho no modo tradicional. A moka é um tipo de cafeteira que faz com que o café seja passado por meio da evaporação da água. A água se encontra na parte baixa da cafeteira e quando ferve, sobe até o pó de café (localizado no meio da cafeteira) fazendo um café passado ao vapor.

O café expresso na Itália apresenta uma infinidade de modos diferentes para degustá-lo. Os principais tipos são lungo, ristretto, macchiato, shakerato etc. Além disso, existe um tipo de cafezinho para cada ocasião.

No café da manhã, é permitido tomar o cappuccino, caffé latte ou latte macchiato.

Depois das refeições o cafezinho deve ser sempre ristretto, lungo ou macchiato. Podendo adicionar ao café alguma digestivo ou super alcoólico, principalmente, em dias frios.

Se você pedir um capuccino no meio da tarde na Itália ou depois das refeições, com certeza vão descobrir rapidamente que você não é um italiano. O cappuccino é um café com leite que pode ser bebido somente durante o café da manhã. Na parte da tarde, você pode beber um café especial, servido quente ou frio com sabores particulares como nocciola, gianduia e servido com chantilly.

Tipos de café expresso na Itália: saiba como se chamam e quando se bebem

Para entender o que cada tipo significa abaixo segue um lista de tipos de café expresso na Itália:

  • ristretto – é um café muito forte e concentrado, ocupando no máximo 1/3 da xícara de café. Geralmente, se bebe em um único gole. Algumas pessoas, pedem para adicionar um pouco de grappa (cachaça feita de uva dos italianos), anice ou sambuca (ambos licor de aniz) no café, principalmente, no período de inverno ou quando se fazem refeições muito completas para ajudar na digestão. Pode ser bebido em qualquer momento da jornada.

 

  • lungo – é um expresso que é um pouco menos concentrado, pois é mais alto do que um cafezinho normal. Geralmente, é bebido por pessoas que não gostam de café forte.

 

  • macchiato –  é o mesmo que o famoso pingado brasileiro. No café se adiciona uma pequena quantidade de leite aquecido no vapor para tornar-se cremoso. Ideal para que têm problemas de digestão.

 

  • decateinato – é feito com o café sem cafeína. Também conhecido na Itália por Deca.

 

  • cappuccino –  em algumas regiões como na Lombardia e Lazio é também conhecido por cappuccio. É o café servido com leite cremoso espumado na xícara de chá. A particularidade deste café é que o leite é aquecido no vapor, fazendo com que o leite assuma uma consistência cremosa. Pode ser servido com um pouco de chocolate amargo em pó adicionado sobre a espuma do leite. O cappuccino só é bebido de manhã no café da manhã (colazione em italiano).

café da manhã com café expresso na Itália

  • mocaccino com café expresso na Itália
    Mocaccino

    mocaccino – é uma bebida quente constituída de cappuccino, leite espumoso e de chocolate, algumas vezes, com a adição de cacau em pó. É geralmente, servido no bar em copo de vidro, de modo que sejam visíveis as camadas de café, chocolate e espuma de leite. O chocolate em pó pode ser substituído por licor de chocolate, deixando a bebida ligeiramente alcoólica.

 

  • caffè shakerato – é uma variação saborosa do café espresso clássico que pode ser servido depois do jantar nas noites quentes do verão. É feito com café, gelo e açúcar líquido agitando os 3 ingredientes juntos (shakerato) de modo que formem uma espuma cremosa e compacta.

 

  • caffè latte – é o nosso café com leite servido em xícara de chá. O leite nesse caso não é esquentado no vapor, não apresentando, desse modo, a espuma.

 

  • latte macchiato – em português seria o leite pingado, onde o leite é aquecido no vapor para a formação da espuma e depois é adicionado um pouquinho de café.

 

  • caffè americano – na Itália se você quiser tomar um café parecido com o do Brasil, servido na xícara de chá, deve pedir um café americano. Eles servem, normalmente, em copos altos.

Existem uma infinidade de outros tipos de café que são servidos em bares especiais, geralmente, são bares de marcas de café que vendem também o produto em pó ou grão em todas as suas variações. Um exemplo, é o Caffé Pascucci, com filiais em várias partes do mundo. Vende produtos como taças para café, máquinas de café e café em grãos. Na bar Pascucci se pode saborear uma grande quantidade de tipos de café servidos com chantilly, chocolate, quente ou frios para qualquer estação e gosto.

O único modo de saber qual é o tipo de cafezinho que mais combina com o sua personalidade é provando todos os sabores e se deliciando com as maravilhas que a Itália oferece.

 

Você também poderia se interessar pelo artigo 10 coisas que não se deve fazer na Itália.

 

 

Escreva seu comentário